×
Operações da PF

Operação da PF contra traficantes tem conexão em Boa Vista

As investigações apontam que o grupo movimentou R$ 4 bilhões

PF cumpre mandados em seis estados brasileiros — Foto: PF
PF cumpre mandados em seis estados brasileiros — Foto: PF

Boa Vista (RR) – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (3) duas operações contra uma organização criminosa suspeita de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas no País: Operação Sucessão e Operação Fluxo Capital.

As investigações apontam que o grupo movimentou R$ 4 bilhões por meio de empresas controladas direta ou indiretamente por um dos investigados.

De acordo com a Polícia Federal, há mandados de prisão sendo cumprido na cidade de Boa Vista, capital de Roraima. Na região Amazônica também há conexões em Cuiabá, Mato Grosso, mas há ainda mandados em outros estados do País, relacionados nesta matéria, abaixo.

Operação Sucessão

A Operação Sucessão é o desdobramento de uma investigação que prendeu Luiz Carlos da Rocha, conhecido como “Cabeça Branca”, um dos maiores traficantes de drogas do Brasil. Estão sendo cumpridas medidas judiciais contra familiares do traficante que o auxiliavam na lavagem de dinheiro, segundo a PF.

Operação Fluxo Capital

A segunda operação da Polícia Federal, nomeada de Fluxo Capital, tem como objetivo desmantelar a organização criminosa responsável pela lavagem do dinheiro.

A investigação indica que o grupo usava laranjas, além de empresas de fachada e contadores para movimentar quantias milionárias. O controle da movimentação do dinheiro era feito por doleiros, donos de casas de câmbio, instalados no Paraguai.

Segundo a PF, o grupo não se limitava apenas à lavagem de dinheiro do traficante “Cabeça Branca”. Também foi monitorada relação do grupo com organizações criminosas de todo o Brasil, envolvidas em delitos além do tráfico de drogas.

Durante as investigações, a Polícia Federal apreendeu cerca de R$ 12 milhões em espécie. Na manhã de hoje, estão sendo cumpridos 39 mandados de busca e apreensão e 19 mandados de prisão temporária em seis estados, além do cumprimento de sete mandados de busca e apreensão no Paraguai.

Saiba em quais cidades serão cumpridos os mandados:

  • Paraná Curitiba; Matinhos; Pontal do Paraná; Paranaguá; Londrina; Cianorte;
  • São Paulo São Paulo; Barueri;
  • Roraima Boa Vista;
  • Mato Grosso Cuiabá;
  • Mato Grosso do Sul Campo Grande; Dourados;
  • Santa Catarina Florianópolis.

Sequestro de bens e valores

Também serão cumpridos mandados de sequestro de imóveis, bloqueio de valores em contas bancárias, a suspensão das atividades das empresas envolvidas e das licenças profissionais dos contadores investigados. Segundo a PF, o nome Operação Sucessão faz referência ao fato de os alvos serem familiares do traficante “Cabeça Branca”. Já a Operação Fluxo Capital se refere à vultosa quantia de dinheiro movimentada. Durante as investigações, a PF já apreendeu R$ 12 milhões.

Prisões temporárias

A PF informou que as ordens de prisão são temporárias. Além disso, a Justiça também determinou o sequestro de imóveis, bloqueio de valores em contas bancárias e suspensão das atividades de empresas e licenças profissionais de contadores envolvidos .

Leia mais:

Traficante é preso com tablete de droga e arma no Campos Sales

Receita Federal apreende cocaína e maconha no Aeroporto de Manaus

TCE suspende concurso da Polícia Militar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.