×
MODA

Moda Alta-costura: o que é, quem faz e como funciona

Alta-costura tem apenas 4 mil clientes no mundo inteiro

Presente nos desfiles mais cotados do mundo, a alta-costura representa o auge da moda de luxo.

Com cerca de 4 mil clientes em todo planeta, não são poucas as restrições para se ter itens das grandes grifes, assim como não é fácil para as marcas obterem o título de ‘maison‘ (‘casa‘, em francês).

A alta-costura, regulamentada por um órgão do governo francês, a Féderation de la Haute Couture et de la Mode, é uma espécie de ‘status‘ entre casas de designers, que segue padrões da cultura francesa de moda.

Para se configurar como alta-costura, os membros precisam criar peças de vestuário feitas sob encomenda em um ateliê com no mínimo 15 funcionários e 20 trabalhadores técnicos, todos em tempo integral, em pelo menos um dos ateliês.

Cada coleção deve ser apresentada com no mínimo 25 designs originais, incluindo visuais diurnos e noturnos, apresentados ao público e imprensa em janeiro e julho e criados para clientes particulares, com cada peça exigindo mais de uma prova.

Um detalhes importantíssimo sobre a alta-costura é que o ateliê onde são produzidas as roupas devem – obrigatoriamente – estar localizado dentro do Triangle D’Or: triângulo feito pelo perímetro entre as avenidas Montaigne, Georges V e Champs-Elysées, em Paris.

Há algumas exceções para bordados, mas ainda sim, são feitos dentro da capital francesa. Existem outras duas exigências para adentrar a alta-costura: o prédio do ateliê deve ter uma loja no térreo e uma sala para atendimento personalizado e a marca deve ter ao menos um perfume no catálogo.

Desde janeiro de 2019, os membros oficiais da semana de moda de alta-costura são Adeline André, Alexandre Vauthier, Alexis Mabille, Chanel, Christian Dior, Franck Sorvier, Giambattista Valli, Givenchy, Jean Paul Gaultier, Julien Fournie, Maison Margiela, Casa Rabih Kayrouz, Maurizio Galante, Schiaparelli e Stéphane Rolland.

*As informações são da Marie Clarie

Leia mais:

Os Simpsons participam da Semana de Moda em Paris; confira

Filmes de Festival Francês estreiam no Cine Casarão

Cultura brasileira está há um ano sem a voz e o talento de Zezinho Corrêa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.