×
SETOR PRIMÁRIO

Seap faz doações de peixes para Casa Vhida em Manaus

O cultivo e manuseio dos peixes são realizados por reeducandas do Centro de Detenção Feminino (CDF)

Manaus (AM) – A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), no Amazonas, realizou nesta sexta-feira (04/02), a primeira doação de 150 unidades de peixes da espécie tambaqui para a Associação de Apoio à Criança com HIV , a Casa Vhida, situada no Bairro Dom Pedro, zona oeste de Manaus.

Ajuda às famílias carentes

De acordo com a assessoria, a iniciativa tem a finalidade de ajudar as famílias cadastradas na instituição que vivem em situação de pobreza.

Para atuarem na ação, 18 presidiárias reeducandas realizaram o curso de  piscicultura ofertado pela Seap em parceria com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (CETAM).

Para o secretário titular da Seap, coronel Paulo Cesar Gomes, o trabalho das reeducandas dentro do sistema prisional permite contribuir na assistência às famílias:

Essa é a primeira doação que estamos realizando neste mês. Para nós, da Seap, é uma satisfação poder beneficiar instituições de acolhimento, além disso, o trabalho desempenhado pelas reeducandas contribui na sua reintegração à sociedade”, afirmou.

A Coordenadora da Casa Vihda, Hérica Amorim, agradeceu a doação realizada pela secretaria.

Em nome de todos os que serão beneficiados com esses peixes, agradeço à Seap que desenvolve um trabalho tão humanizado e que hoje faz essa entrega não somente à Casa Vihda, mas às crianças e famílias que convivem com o preconceito e a rejeição” finalizou.

Casa Vhida

A Casa Vhida é uma organização sem fins lucrativos que atende – nos âmbitos da assistência social e saúde – bebês, crianças e adolescentes que convivem com HIV/AIDS no Estado do Amazonas.  Atualmente, realiza mais de 1.600 atendimentos, em duas frentes de ações: com os chamados ‘bebês expostos (nascidos de mães HIV positivo), que recebem produtos lácteos enriquecidos e são acompanhados até os 18 ou 24 meses de vida; e no apoio a crianças e adolescentes que já convivem com o vírus. Você também pode ajudar e acompanhar o trabalho da Casa Vhida.

Siga: https://www.instagram.com/casavhida/

Leia mais:

Setores primário e social receberam mais de R$ 22 milhões, diz governo do AM

Estudantes e professores do Rio Preto da Eva recebem notebooks

Casarão de Ideias lança quebra-cabeça em homenagem ao Teatro Amazonas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.