×
estreia

Palmeiras estreia no mundial nesta terça (8) contra o Al Ahly-EGI

Abel mostra confiança para a estreia do time brasileiro

O Palmeiras estreia nesta terça-feira (8), às 13h30 (horário de Brasília, 20h30 no horário local) contra o Al-Ahly, do Egito o Al-Ahly, do Egito.

O time realizou na tarde desta segunda-feira (7) seu último treino e o reconhecimento de gramado no Estádio Al Nahyan, em Abu Dhabi-EAU.

A atividade teve início ainda no vestiário com um vídeo tático exibido aos jogadores. O treino teve ao todo uma hora de duração; começou com um trabalho técnico de posse de bola com toques limitados e terminou com um ensaio de bolas paradas ofensivas e defensivas.

Depois, o técnico Abel Ferreira e o capitão Gustavo Gómez concederam entrevista coletiva à imprensa no local.

O lateral-esquerdo Piquerez e o goleiro Mateus, que chegaram a Abu Dhabi nesta madrugada, foram as principais novidades e treinaram junto ao grupo. O primeiro recuperou-se da Covid-19 e o segundo foi inscrito no lugar do goleiro Vinicius, que testou positivo na chegada ao país.

O lateral uruguaio relembrou os angustiantes dias de quarentena e comemorou a oportunidade de estar na competição.

“Foi algo muito difícil porque é o meu primeiro Mundial e, como todo jogador, eu queria muito estar presente. Muitas coisas passaram pela minha cabeça, mas, como eu estava sem sintomas, havia chance de dar negativo no quinto dia e foi o que aconteceu. Fiquei todo o período em casa esperando para vir e estar agora aqui com a equipe”, afirmou o camisa 22.

O técnico Abel Ferreira falou com os jornalistas, o português projetou o encontro.

O atleta Gustavo Gomez (E) e o técnico Abel Ferreira, da SE Palmeiras, concedem entrevista coletiva, no Al Nahyan Stadium, em Abu Dhabi-EUA. (Foto: Fabio Menotti)

“O futebol é mágico por isso mesmo, não é uma ciência exata, não é 2 + 2 = 4. Não é assim. O futebol tem a ver com vontade e organização, e o que vimos foi uma equipe muito bem organizada, que sabe muito bem o que faz em campo e compete para ganhar. Nós estamos alertas porque percebemos a organização desta equipe, mas temos uma experiência de um ano e meio juntos, temos jogos e decisões importantes que vivemos juntos. Isso dá experiência e conhecimento”, disse. “Temos de ser pacientes, seguros e, na hora certa, aparecer no lugar certo e fazer o que treinamos. Temos de ter tranquilidade, sermos sólidos, eficazes e muito focados nas tarefas individuais e coletivas. Se fizermos isso, estaremos mais próximos de vencer o jogo”, completou o comandante, que reconhece a qualidade do rival.

Abel, no entanto, mostrou muita confiança no elenco palestrino para o confronto. “Como podemos ver, a equipe (do Al Ahly) tem as suas intenções muito bem claras. Ela joga com a características dos jogadores que tem. Aproveitaremos todos os momentos. Quando tivermos com ataque posicional, temos de preparar a defesa. Quando tivermos bola parada, iremos fazer o que treinamos e pôr em prática todos os posicionamentos. E esperar que os nossos jogadores estejam calmos, tranquilos, inspirados e que talvez algum deles resolva com a qualidade individual”, finalizou o comandante.

Fotos: Fabio Menotti/Palmeiras

Leia mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.