×
Vacinação

Senado convoca Queiroga para explicar atraso na vacinação infantil

Requerimento aprovado pela CDH da Casa também convoca o presidente da Anvisa a prestar esclarecimentos

Divulgação

Brasília (DF) – A Comissão de Desenvolvimento Humano (CDH) do Senado Federal aprovou, na segunda-feira (7), as convocações do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e do presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres.

Eles foram chamados para prestar esclarecimentos sobre o atraso na implementação da vacinação infantil contra Covid-19.

O requerimento aprovado pelo colegiado é de autoria do líder da oposição, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). O pedido refere-se ao atraso imposto pelo governo federal, que discordou da decisão da agência reguladora em liberar a vacinação infantil no país.

À época, o Ministério da Saúde anunciou que apenas daria início à campanha de imunização de crianças de 5 a 11 anos após a realização de uma audiência pública.

O autor do requerimento, Randolfe afirma que “beira o absurdo” a relutância do Executivo em vacinar as crianças logo após a aprovação do uso pediátrico da vacina Pfizer pela Anvisa. Na avaliação do parlamentar, o combate à pandemia no país foi prejudicado pela “irresponsabilidade de autoridades negacionistas”

“Queiroga vai ter que explicar o atraso de um mês na vacinação das crianças e as consequências trágicas que isso trouxe ao Brasil”, enfatizou o senador.

Por se tratar de convocação, tanto Barra Torres quanto Queiroga estão obrigados a comparecer no Senado.

*Com informações do Metrópoles

Leia mais:

Vereadores questionam obrigatoriedade da vacinação infantil em Manaus

Wilson Lima destaca avanços de políticas sociais do Estado

Roberto Cidade destaca lei que cria exame móvel de câncer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.