×
Técnicas de estudo

Concurso dos Bombeiros no AM: especialistas dão dicas de preparação

A cinco dias da prova do Corpo de Bombeiros, professores recomendam técnicas de revisão e memorização para melhor desempenho no concurso

Manaus (AM) – Com a proximidade do dia da prova do concurso do Corpo de Bombeiros em Manaus e no interior, a ansiedade e o nervosismo começam a ficar mais presentes na mente dos candidatos às vagas ofertadas pela instituição. Afinal, dúvidas sobre o que fazer uma semana antes do exame surgem. Para professores, a melhor decisão durante a semana que antecede a prova é focar em revisões.

A prova do concurso para o Corpo de Bombeiros está prevista para acontecer neste sábado (12) em Manaus, Parintins, Tabatinga e Humaitá. No total, serão oferecidas 453 vagas para os cargos de soldado bombeiro militar (nível médio) e 2° tenente bombeiro militar (nível superior).

Técnicas de estudo

A cinco dias da prova, o professor Diogo Moreira, auditor da receita federal, recomenda que a melhor estratégia durante esses últimos dias é apostar nos “decorebas” e ressalta que não compensa assistir às revisões em vídeo e cumprir a programação que os grandes cursinhos fazem antes da prova.

“Eles vão pegar os assuntos mais clássicos e vão retomar, porque são os que mais caem. Só que você já aprendeu isso, você tem que focar nas suas dificuldades. Em menos de uma semana para a prova, você só vai querer saber de decoreba”, diz o professor em suas redes sociais.

Também acrescenta que não é preciso focar na prática de questões de provas anteriores neste período final ou em revisão geral, mas em decorar o que foi anotado e separado no “caderno do erro”, ou seja, as principais dificuldades ou dúvidas sobre um conteúdo estudado ao longo dos últimos meses.

Outra técnica de memorização que o professor sugere nos poucos dias antes da prova é o “flashcard” que é um conjunto de pequenos cartões onde um lado tem as perguntas e o outro as respostas. Para aqueles que não realizaram essas táticas de estudo, o professor sugere que o candidato refaça as questões de provas passadas que errou na última semana, pelo menos duas vezes.

Em relação à releitura conceitual, o professor Diogo Moreira afirma que é um tipo de revisão passiva, mas que na véspera da prova funciona. Porém, o mais importante é o candidato levar em conta quais são os temas mais cobrados e o que vai reler antes da prova.

Para saber filtrar os conteúdos de leitura, Diogo afirma que é necessário reavaliar os erros mais cometidos durante a resolução das questões ao longo dos meses de estudos, além de observar os conteúdos que mais caem nas questões das provas.

“A gente define isso por meio dos erros. Então, aquilo que você está errando você grifa e rabisca, para na véspera da prova você revisar. Se pegar os temas mais cobrados vai ficar muito amplo e fica muito pobre essa filtragem. Se você não encontra para aquele assunto muitas questões, então é um indicativo de que esse assunto não é muito cobrado”, afirma.

O professor Fabio Silva também recomenda a revisão dos temas mais recorrentes nas provas do Corpo de Bombeiros e alerta para que os candidatos não estudem novos assuntos nos dias próximos da prova.

“O aluno deve se preparar nesta última semana para o trabalho de revisão. Ele tem que reler todos os materiais que estudou nestes últimos meses e semanas. Ele deve procurar não estudar assuntos novos, então é mais um trabalho de revisão”, explica o professor Fábio Silva.

Ansiedade e práticas saudáveis

Um dos maiores inimigos dos candidatos de concurso é a ansiedade. Segundo o professor Fábio Silva, para evitar os sintomas da ansiedade é importante não pensar na prova, além de buscar pensamentos positivos. “Quando a pessoa coloca pensamentos negativos, acaba criando uma ansiedade e acaba atrapalhando do que ajudando nessa reta final”, afirma.

Outro ponto ressaltado pelo professor para melhorar o desempenho durante a prova é apostar em alimentos saudáveis e nos exercícios físicos.

“A boa alimentação também ajuda nessa reta final. É preciso evitar a má alimentação e os alimentos gordurosos e comidas que saiam da rotina. Então é preciso continuar na rotina e manter o foco. Fazer exercícios também é recomendado, ainda mais pela parte da manhã para deixar a pessoa mais esperta”, explica.

Corpo de bombeiros

De acordo com o coronel Orleilso Ximenes Muniz, comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), a instituição tem como objetivo proteger o patrimônio e o meio ambiente, além de salvar a vida por meio de missões variadas.

“Então, o candidato que passar em todas as fases do certame, sejam elas as fases intelectuais, o teste físico, e os exames de saúde, deverá esperar estar ingressando em uma corporação vibrante na qual ele deverá estar ciente que se entregará de corpo e alma ao serviço público podendo estar em diversas missões de salvamento na selva, na água, nas praias, combater incêndio e realizar vistorias em edificações”, conta o comandante do CBMAM.

Nos primeiros meses, o aprovado na prova passará pela fase de formação, a qual ele terá que desenvolver habilidades tanto físicas quanto intelectuais, por meio de ensinamentos intensos, para que possa exercer as funções requisitadas para a vaga e para que possa entregar um serviço de excelência para a sociedade.

“O trabalho é extremamente técnico.  O bombeiro militar desempenha atividades de alto risco, sejam em mergulho, em altas profundidades, em aeronave, em combate a incêndio, em aeronave, em buscas na selva, em atividade de salvamento em praias, em atividades de combate a incêndio ou buscas em estruturas colapsadas. Então, o trabalho do Corpo de Bombeiros é uma atividade muito especializada. Por isso a formação deve ser muito precisa”, explica o coronel.

Leia mais:

Wilson Lima anuncia concurso da Sefaz com 210 vagas

Concurso Público da Polícia Militar registra 20,8 mil faltosos no AM

Concurso do Corpo de Bombeiros do AM conta com mais de 46 mil inscritos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.