×
Vacinação

Passaporte vacinal não será obrigatório na volta às aulas da capital

Semed e Semsa ressaltam que todos os alunos matriculados nas unidades de ensino têm o direito assegurado às aulas remotas e presenciais

Divulgação

Manaus (AM) – A prefeitura de Manaus, esclareceu em nota, que a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa) não instituiu a comprovação do passaporte vacinal para a volta às aulas em Manaus. Também foi confirmado que não há exigência de vacinação para que os alunos acessem a sala de aula.

A Secretaria ressalta que todos os alunos matriculados nas unidades de ensino têm o direito assegurado às aulas remotas e presenciais.

Seguindo recomendação do Ministério Público, a Semed vai solicitar o cartão de vacinação atualizado do aluno, que deverá ser apresentado com os demais documentos no retorno presencial.

Qualquer item que componha a documentação para a validação da matrícula do aluno poderá ser entregue à escola até o dia 31 de março. Nenhum aluno será penalizado ou impedido de entrar na sala de aula pela falta do cartão de vacina.

A Prefeitura está intensificando a campanha de vacinação das crianças de 5 a 11 anos, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com apoio da Semed, como na ação realizada no último sábado (5), que resultou em mais de 18 mil doses aplicadas em apenas um dia, reforçando a campanha “Retorno às Aulas Seguro”.

Seguindo todas as recomendações dos órgãos de saúde, as escolas foram equipadas com dispensers de álcool em gel, sinalização de distanciamento, higienização das mãos e o uso de máscara será obrigatório.

O cuidado com a saúde da comunidade escolar é uma das marcas da Prefeitura que, em 2021, considerou os profissionais de educação de Manaus como categoria prioritária na vacinação contra a Covid-19.

Ainda com o objetivo de garantir o retorno presencial seguro a todos os alunos da rede municipal, Semed e Semsa criaram um comitê intersetorial, que monitora, entre outras coisas, o número atual de infectados e o índice de propagação do vírus em cada zona da cidade.

Leia mais:

Wilson Lima destaca avanços de políticas sociais do Estado

Maioria do STF vota por arquivar inquérito contra Renan Calheiros

Serafim sobre pastor intermediar emendas para favorecer filhos: ‘tráfico de influência’

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.