×
Reforço policial

Forças de segurança prendem 50 suspeitos após foguetório em Manaus

Além das prisões, as equipes policiais espalhadas pela capital recolheram também fogos de artifício e armas de fogo

Divulgação

Manaus (AM) – O governador Wilson Lima determinou às forças de segurança do estado, na noite desta quinta-feira (10/02), uma operação para prender suspeitos de envolvimento em atos de apologia ao crime em Manaus. Até o momento, 50 suspeito foram presos pela Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil e efetivos da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) em diversos bairros da capital, por participação no delito.

Em sua conta oficial no twitter, o governador divulgou um vídeo informando que determinou o emprego de todas as tropas para a caçada aos criminosos, que possuem ligações com o tráfico de drogas. “Péssima noite para a bandidagem. Determinei que todo o efetivo das polícias militar e civil fosse para as ruas para colocar a bandidagem no seu devido lugar: no camburão. Até agora, aproximadamente 50 já foram presos, desses envolvidos nesse showzinho do início da noite. Não vamos permitir que criminosos tirem o sossego da população”, disse.

Além das prisões, as equipes policiais espalhadas pela capital recolheram também fogos de artifício e armas de fogo. Os suspeitos estão sendo apresentados em delegacias que funcionam como Centrais de Flagrante na capital.

Na noite desta quinta-feira (10/02), casos dessa natureza foram apresentados imediatamente no 1º, 6º, 14º e 19º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), de acordo com a SSP-AM, que está coordenando os trabalhos.

Em uma das ocorrências, equipes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (NEOT), em ação conjunta com policiais da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais do Amazonas (Core-AM) e Departamento de Operações Aéreas (DIOA), flagraram três indivíduos na Avenida Djalma Batista com foguetes.

*Com informações da assessoria

Leia mais

CV solta fogos para celebrar dois anos na liderança do crime no AM; veja vídeo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.