×
MEIO AMBIENTE

Ações de preservação do sauim-de-coleira são retomadas em Manaus

As ações vão ocorrer sempre às quartas-feiras, quando a Semmas percorre os bairros com o Programa Municipal de Arborização Manaus Verde

As ações de preservação da espécie fazem parte da política de educação ambiental da Semmas.

Manaus (AM) – A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), dá prosseguindo às ações ambientais para preservação do sauim-de-coleira (Saguinus bicolor), primata endêmico do bioma amazônico e que está no Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

As ações vão ocorrer sempre às quartas-feiras, quando a Semmas percorre os bairros com o Programa Municipal de Arborização Manaus Verde, de acordo com o titular do órgão ambiental do município, Antonio Stroski.

Realizamos, em 2021, mais de 30 ações de sensibilização nas escolas da rede municipal, e em logradouros públicos, com o nosso pessoal da Divisão de Educação Ambiental. Esse ano, por orientação do prefeito David Almeida, vamos intensificar essas ações, principalmente iniciar a sinalização das áreas onde ocorrem atropelamentos dessa e de outras espécies de animais silvestres”, informou Stroski.

O chefe da Divisão de Educação Ambiental, Raimundo Araújo, reforçou que as ações de preservação da espécie fazem parte da política de educação ambiental da Semmas.

Temos uma campanha especial intitulada de ‘Sauim-de-Coleira: Conservá-lo é preciso!’, que atende todos os públicos, em especial o infantil, com a qual distribuímos materiais informativos e lúdicos com todas as características do sauim, o que ele come, hábitos, entre outras informações”, ressaltou Araújo.

Além do plantio de mudas que ajudam na manutenção (ou criação) de corredores para o livre trânsito desses primatas, a Semmas trabalha com espécies que servem também de alimentos para eles.

Por isso que a gente incentiva o plantio nos quintais com espécies frutíferas como mangueira, acerola, entre outros, pois o sauim também se alimenta delas. Além disso, ele se alimenta de insetos, pequenos répteis, lesmas, ovos e néctar dos troncos de árvores”, salientou o chefe da Divisão de Educação Ambiental.

Ainda em 2021, a Semmas também levou a campanha para a zona rural – comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé – e para o Parque das Tribos, na zona Oeste.

As crianças têm contato com o sauim-de-coleira. Então é importante essas crianças serem orientadas a como preservar e como cuidar dessa espécie em extinção. A Semmas se preocupou em levar essa campanha de sensibilização à zona rural de Manaus“, concluiu Raimundo.

Solicitação

Além das escolas da rede municipal de ensino e dos locais de doação de mudas de plantas, a Semmas também pode levar a ação para outras instituições.

Os interessados devem entrar em contato com a Divisão de Educação Ambiental do órgão por meio dos números: 3236 7420 e 981379876 (WhatsApp); ou pelo e-mail educacaoambiental.semmas@gmail.com.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Escola da zona rural recebe título do projeto “Manaus, te quero verde”

Governo do Amazonas entrega à Comunidade Indígena Beija-Flor 6 milhões de sementes de árvores

Museu da Cidade de Manaus oferece exposição virtual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.