×
Homicídio

Homem esconde corpo de namorada em geladeira e mata idosos a marretadas no RJ

Além de ter matado a namorada e dos tios da vítima, o homem ainda feriu outras duas pessoas

Macaé (RJ) – Um caso macabro chocou os moradores de Macaé, no Rio de Janeiro, neste sábado (12). Erica Suenia Santos Pereira, de 39 anos, foi encontrada morta a facadas dentro de uma geladeira.

Além disso, o casal de idosos Adina de Luna Silva, de 66 anos, e José de Assis Ferreira dos Santos, de 68 anos, tios de Erica, também foram achados sem vida. Eles foram mortos a golpes de marreta. Outras duas pessoas ficaram feridas

A suspeita da PM é que os crimes tenham sido cometidos pela mesma pessoa, o companheiro de Erica, que tem 43 anos. O suspeito também teria tentado matar outras duas pessoas, um sobrinho e a tia da companheira.

Eles sofreram escoriações na cabeça causadas pela marreta. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Público de Macaé pelo Corpo de Bombeiros. Os corpos dos tios de Erica foram os primeiros a serem encontrados, dentro da residência do casal.

Encontro dos corpos

Adina estava no chão da cozinha, já Assis foi encontrado dentro de um quarto na mesma residência. Vizinhos informaram à polícia que o suspeito pelo crime morava próximo e apontaram o local.

Ao chegarem na casa, os agentes encontraram o corpo de Erica escondido na geladeira do suspeito.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito fugiu do local com o carro de Assis. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que o batalhão está concentrando esforços na captura do suspeito.

Em nota, a Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que a 123ª DP (Macaé) instaurou inquérito para apurar as mortes. “Testemunhas estão sendo ouvidas na delegacia e diligências seguem em busca de informações que ajudem a identificar e prender o autor do crime”, disse a corporação.

*Com informações do Metrópoles

Leia mais:

Travesti é encontrada morta dentro de carro no Centro de Manaus

Feto é encontrado em caixa de papelão no lixão de Parintins, no AM

Mulher envolvida na morte de sargento Lucas é presa pela PC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.