×
Estreias

Filmes do festival de cinema Francês estreiam nesta semana no Cine Casarão

A sala de exibição está funcionando com 50% de sua capacidade, ou seja, apenas 18 lugares

Manaus (AM)- O Cine Casarão, espaço dedicado à Sétima Arte do Casarão de Ideias, no Centro de Manaus, contará nesta semana com duas estreias: “Charuto de Mel” e “A Mulher Que Fugiu”.

Na programação, é possível conferir longas que que fazem parte do Festival Varilux de Cinema Francês. Os ingressos podem ser adquiridos pelo Instagram (@casaraodeideias) ao preço de R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia).

A primeira estreia será na quinta-feira (17), às 16h30. “Charuto de Mel” conta a história de Selma, uma garota de 17 anos que vive em uma família burguesa e secular berbere. Quando ela conhece Julien, na faculdade, ela percebe pela primeira vez o impacto das regras patriarcais em sua intimidade. O filme será reexibido na sexta-feira (18), às 19h30.

Na sexta-feira, mais cedo, às 18h, será a estreia de ‘A Mulher Que Fugiu’. Enquanto o marido está em viagem de negócios, Gamhee encontra três amigas nos arredores de Seul. Elas mantêm uma conversa amigável, como sempre, mas existem diferentes correntes fluindo independentemente uma da outra, acima e abaixo da superfície. A reexibição ocorrerá no domingo (20), às 16h.

Festival e continuação

Na programação do Festival Varilux de Cinema Francês, os espectadores poderão conferir ‘As Coisas da Vida’, do diretor Claude Sautet, na quinta-feira, às 18h30 e ‘O Magnífico’, com direção de Philippe de Broca, no sábado (19), às 15h30.

Já entre as continuações estão: ‘Madre’ (sexta, às 15h30 e sábado, às 17h) e ‘A Felicidade das Pequenas Coisas’ (sábado, 19h30 e domingo, às 18h30).

Vale ressaltar que a sala de exibição está funcionando com 50% de sua capacidade, ou seja, apenas 18 lugares. Também está sendo colocada em prática a triangulação de assentos, proporcionando assim o distanciamento seguro, e sendo exigida a carteira de vacinação.

No intervalo de cada sessão, é feita a aplicação com luz de ozônio e vídeos institucionais, no início dos filmes, são exibidos com o objetivo de reforçar a prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). O uso da máscara é obrigatório.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Secretaria expõe fantasias antigas de Carnaval

Saiba os motivos que levaram DUNA a ser indicado ao Oscar e BAFTA

Documentário na Amazônia conta sobre as consequências das terras caídas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.