×
História do Carnaval

Sabia que o Carnaval de Manaus já foi transmitido para todo o País ?

A transmissão foi realizada por um pool formado pela Rádio e Televisão Cultura do Amazonas, Rede Bandeirantes e extinta Rede Manchete em 1994

Gilberto Mestrinho e equipe de transmissão do Carnaval de Manus

No ano de 1994, inauguração do Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho, conhecido popularmente como Sambódromo, em Manaus, o Desfile das Escolas de Samba da capital foi transmitido ao vivo para todo o país. A façanha foi uma ideia do então governador da época, Gilberto Mestrinho.

Como aponta a coluna TV História, nesse dia houve 12 horas de transmissão das seis escolas que concorriam ao título de campeã do Carnaval de Manaus no dia 12 de fevereiro. A transmissão foi realizada nacionalmente pelo pool formado pela Rádio e Televisão Cultura do Amazonas, Rede Bandeirantes e pela extinta Rede Manchete.

De acordo com a Agência Folha, doze câmeras mostraram os desfiles que atravessaram a madrugada nos mais diversos ângulos. Para isso, foi montada uma estação geradora no Sambódromo.

Governador Gilberto Mestrinho com equipe de jornalistas no sambódromo de Manaus

A transmissão foi narrada pelo jornalista Paulo Stein, ícone do Carnaval da Manchete, e contou com flashes diretamente da concentração no Bar do Boto, espaço construído pela emissora para servir de ponto de encontro dos músicos das agremiações em interações com o radialista Ormando Barbosa.

Segundo dados do Ibope, a transmissão registrou picos de 5 pontos de audiência durante a exibição do evento.

Bar do Boto construído no sambódromo de Manaus

A grandiosidade do Sambódromo de Manaus também foi notícia. O local, que conta com aproximadamente 405 metros de comprimento e capacidade para 80 mil pessoas, possuía inicialmente uma estrutura metálica na cobertura.

Dois meses após a realização do espetáculo carnavalesco, em 19 de abril, a estrutura desabou, ferindo vinte e cinco pessoas. Um laudo apontou falhas no projeto e planejamento da estrutura.

Resultado

Naquele ano, a Mocidade Independente de Aparecida sagrou-se tricampeã do Carnaval de Manaus. A escola levou à avenida o tema “Parque de Anjos: Faz de conta que assim será” e venceu por meio ponto de diferença a segunda colocada, Grêmio Recreativo Escola de Samba Vitória Régia, em uma apuração conturbada que terminou em briga no sambódromo.

Leia mais:

Secretaria de Cultura expõe fantasias de Carnaval históricas no AM

Campanha ‘Pra Sambar Tem que Vacinar’ inicia com governador exaltando o Carnaval

Exposição de artesanato japonês entra em circuito no Centro Cultural Palácio da Justiça

Programação Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.