×
Cuidados

Confira os sintomas da insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca, uma doença séria que afeta ao menos 4 milhões de brasileiros, a maioria com mais de 60 anos

Manaus (AM) – A insuficiência cardíaca afeta ao menos 4 milhões de brasileiros, a maioria com mais de 60 anos.

“A insuficiência cardíaca é uma síndrome clínica que mostra a incapacidade do coração de atuar adequadamente como bomba, por falha de contração (fraqueza) e/ou de relaxamento(rigidez), comprometendo o funcionamento do organismo, e quando não tratada adequadamente, reduzindo a qualidade de vida e a sobrevida”, destaca a cardiologista da Audimed Saúde, Renata Teodora.

Fora a hipertensão, diabetes, tabagismo, estresse, sedentarismo, dietas inadequadas, uso nocivo do álcool, histórico familiar, entre outros fatores, conforme destaca a médica, conspiram para o declínio do coração.

Nos últimos dois anos, quem entrou no radar das ameaças foi a Covid-19. A covid é uma doença inflamatória, que acomete múltiplos órgãos, sendo um deles o coração.

“Uma das formas de acometimento do sistema cardiovascular pode ser a miocardite, que é uma das muitas causas de insuficiência cardíaca. Bem como já temos estudo que comprova que o fato de ter tido covid, independente se forma leve, moderada ou grave, aumenta o risco de eventos cardiovasculares”, ressalta a especialista.

O diagnóstico da insuficiência cardíaca

Identificar o coração cansado cedo faz diferença no tratamento. E um dos desafios é que os sintomas da insuficiência são facilmente confundidos com outras doenças ou creditados ao avançar da idade.

“O diagnóstico é realizado por meio de consulta/ avaliação médica, onde serão definidos critérios clínicos (anamnese e exame físico), sendo para isto usados alguns escores para auxiliar neste diagnóstico. Bem como a realização de alguns exames como eletrocardiograma, ecocardiograma e radiografia de tórax, dentre outros a serem definidos pelo especialista (o cardiologista) durante sua avaliação. Portanto, é fundamental ser avaliado por um médico, preferencialmente um cardiologista”, orienta.

Como proteger o coração?

De acordo com a cardiologista, para que não se tenha insuficiência cardíaca, deve ser feito a manutenção de hábitos de vida saudáveis, com boa alimentação rica em frutas e verduras, e pobre em sal e gorduras maléficas, prática de atividade física regular, cessar tabagismo, controle do estresse, bem como tratamento adequado das patologias que são causa desta, como a hipertensão arterial sistêmica e o diabetes mellitus. “Ressalto aqui a importância de manter hábitos de vida saudáveis e acompanhamento regular com seu médico, com boa adesão aos tratamentos por estes instituídos”.

Sintomas da doença

  • Cansaço crônico
  • Falta de ar
  • Déficit cognitivo
  • Inchaço nas pernas
  • Inchaço no abdômen

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Após vencer alcoolismo, homem ajuda dependentes químicos em Manaus

Nenhuma quantidade de álcool é boa para o coração, alerta WHF

Dia de Combate ao Alcoolismo: médicos alertam sobre danos à saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.